quarta-feira, 25 de março de 2009

Alimentos Funcionais_Funcionam Mesmo?

Previna_Segundo testes realizados pela USP, esse alimento funcional ,apresenta grande capacidade de prevenir males da menopausa, como secura vaginal, e sintomas relacionados.

Hoje a ciência sabe, que grande parte dos males à saúde, como obesidade, câncer, diabetes, doenças circulatórias, cardíacas, renais, hepáticas (fígado), entre tantas outras, até doenças da mente (depressão), podem estar ligadas intimamente, com o estilo de vida moderno, aliado principalmente à alimentação errada, com ingesta pobre de vegetais, folhas e frutos e sementes, somados a falta de atividades físicas.

Com isso há perda constante de elementos funcionais, e desequilíbrio orgânico de nutrientes, essenciais à saúde, como cálcio, ferro, fósforo, magnésio, potássio, entre tantos outros, que pela inexistência em quantidades corretas, permitem a degradação do organismo, e conseqüente porta de entrada de organismos patogênicos. (microrganismos)

O estilo de vida moderno, não têm permitido mais o feijão com arroz, alimentos ricos em aminoácidos, precursores das proteínas, sintetizadas pelo DNA/RNA. Falamos um pouco disso tudo, para mostrar com dados, que sim, os alimentos funcionais funcionam mesmo, desde que consumidos no dia a dia, juntamente com uma rotina de atividades físicas. Segundo a ciência moderna, voltarmos aos bons hábitos de vida e alimentação, previne doenças, e melhora a qualidade de vida.

Sendo assim, e por acreditar na seriedade, da empresa a seguir, já que o biólogo Carlos Simas é o responsável pela mesma, sendo do ramo exclusivo desses alimentos, é que indicamos aos nossos queridos amigos e leitores, que acessem a página:


www.saudeevidanatura.com.br




“Ninguém têm que perder, todos podem, e devem ganhar.”

“Este é o nosso lema, e filosofia de vida”.

Forte abraço fraternal!

Fonte: Biólogo Carlos Simas de Búzios-Rj.


sábado, 21 de março de 2009

Agente Federal de Combate as Endemias(Dengue), Morre de Mal Súbito em Plena Atividade.


Com profundo pesar, comunicamos o falecimento por morte súbita, do nosso grande colega e companheiro, Agente Federal de Combate as Endemias da FUNASA/MS, Linandro Júlio da Silva, ocorrida nesta quarta feira, dia 18/03. O mesmo se encontrava em atividade de campo, no combate a Dengue, passou mal, foi prestado socorro, porém, não houve tempo de chegar com vida ao hospital Rodolfo Périssé em Búzios-Rj.


A Secretaria de Saúde, disponibilizou mecanismos de assistência à família naquele momento de dor e cedeu transporte digno, para levar companheiros da vítima ao sepultamento, que ocorreu na quinta feira, dia 19/03, às 17 horas, no cemitério jardim da Saudade em Édson Passos, na Baixada Fluminense-R.


Reiteramos o agradecimento da família enlutada à todos, que, de alguma forma, pôde contribuir, para amenizar a dor daquele momento difícil, e apenas alertamos para que a Fundação Nacional de Saúde(FUNASA), leve mais a sério, os exames, que foram realizados em dezembro de 2008 e que até o presente momento, não foram divulgados aos servidores, portanto, o servidor morreu, sem saber do resultado, se estava bem de saúde, ou não.


Há poucos dias atrás, em mensagem encaminhada ao STF, que pode ser visualizada neste blog, denunciamos, à suprema casa judiciária, que a maior parte dos servidores de campo da FUNASA, sobretudo, aqueles de 1988, apresentam graves sintomas de intoxicação crônica, por uso e exposição prolongada de inseticidas de largo espectro em saúde pública, como o Temefós(Abate), que a época se usava, sem qualquer tipo de proteção individual.


Esses servidores possuem em média hoje, 50 anos ou mais, são extremamente qualificados, até em virtude do tempo(20 anos de experiência), e merecem reconhecimento e respeito, por tudo que fizeram,e continuam fazendo nos municípios, onde se encontram lotados, no combate a dengue e outras endemias.


Mais um combatente, grande amigo nosso, cai em linha de batalha, mas a luta continua companheirada.

terça-feira, 17 de março de 2009

Vice Presidente da República, José Alencar, envia e-mail de agradecimento, ao biólogo Carlos Simas.


De: vpr@planalto.gov.br

Para: biologocarlossimas@click21.com.br

Assunto: agradecimento pela solidariedade

2 unnamed
text/html 0.81 KB



Senhor Carlos Simas,

De retorno a Brasília, recebi sua mensagem de solidariedade por ocasião da cirurgia a que fui submetido. Seu apoio me reconforta e me ajuda a enfrentar a luta com otimismo e fé, contribuindo - estou seguro - para a minha recuperação.
Muito obrigado.

José Alencar Gomes da Silva
/rita

Fonte: Vice Precidência da República Federativa do Brasil


Nossa Opinião:


A solidariedade será capaz de vencer o mal, agigantar, e eternizar o bem, ainda mais, quando se trata do nosso vice-presidente, que mesmo, com grande empenho, em virtude da saúde debilitada, têm somado grandes esforços, juntamente com o presidente Lula, para tornar o Brasil, um país mais justo, solidário e fraterno. Toda nação continua na torcida, Senhor vice-presidente José Alencar, para sua total recuperação!


Biólogo Carlos Simas de Búzios-Rj.



quarta-feira, 4 de março de 2009

Biólogo Carlos Simas de Búzios-Rj(Sintsaúde), entra no STF, a Favor de mais de 5.000 agentes de combate às endemias(mata mosquitos) do Rio de Janeiro.

Protocolo de nº 12284
Ao Senhor


CARLOS ALBERTO SIMAS BORGES


Prezado (a) Senhor (a),
Informamos que a sua mensagem foi encaminhada ao Gabinete de Sua Excelência a Senhora Ministra Ellen Gracie, Relatora da ADI/2135, conforme solicitado.
A Central do Cidadão agradece o seu contato, em nome Sua Excelência o Sennhor Ministro Gilmar Mendes, Presidente do Supremo Tribunal Federal. Atenciosamente,




Supremo Tribunal Federal
Central do Cidadão
Edificio Sede - sala 309 - Brasilia (DF) - 70175-900
---------------------------------------------------

Nome: CARLOS ALBERTO SIMAS BORGES
Recebido em: 2009-03-03 21:21:31.0
Excelentíssima Senhora ministra, Ellen Gracie, relatora, do processo ADIN 2135, por meio desse, solicitamos em nome de mais de 5.000 agentes de combate às endemias(dengue) da Funasa e familiares, que padecem há mais de vinte anos(1988) no serviço público federal, muitos contaminados com inseticidas de largo espectro em saúde pública, que a mui digna ministra, se digne, decidir pela total inconstitucionalidade da ADIN 2135, como forma de permitir a regularização imediata desses servidores, a maioria com idade avançada, tendo servido a nação, durante todo esse tempo, mesmo sem receber direitos básicos trabalhistas, e hoje, a maioria possui sintomas de intoxicação crônica, são chefes e mães de famílias, às quais, também padecem.
Na certeza, de que esta suprema casa judiciária, brasileira, tutela e defende direitos constituídos, todos nós, aguardamos decisão favorável, a essa causa nobre e justa.

Atenciosamente,

Biólogo Carlos Simas de Búzios-Rj.