quarta-feira, 26 de agosto de 2009

O Meio Ambiente Político Das Prefeituras, Dos Estados, Do Brasil !


Esse quadro triste da foto, você pode e deve ajudar mudar, prestando mais atenção na política, desses perversos que aí estão, e tentam perpetuar o poder, só para o mal.


(1) Quem foi que lhe disse que não deve se importar com política?

(2) Quem foi que lhe disse que nosso blog não deveria falar de política?

(3) Quem foi que lhe disse que nada temos a ver com política?

(4) Quem foi que lhe disse que nada podemos fazer para melhorar a política?

Escolhemos aleatoriamente, confesso, quatro perguntinhas que considero básicas, para que continuemos em nosso dever de casa. Já leu a parte lateral do nosso blog, onde esclarecemos nosso objetivo maior, através deste trabalho? Por favor, faça a gentileza, dê uma espiadinha lá e verifique.

Bem, agora vamos tentar responder os questionamentos, não nos sentindo, evidentemente, donos da verdade, até porque, tenho plena consciência que caminhamos no início do primeiro degrau do conhecimento, mas com ajuda de Deus, e de todos vocês, amadurecemos cada vez mais, em nossas tomadas de decisões, para melhorarmos o Brasil, que tanto almejamos para o presente, e futuras gerações.

Tudo que você possa imaginar, para sua vida e de seus familiares, bem ou mal funcionar, depende da caneta do político. É o prefeito da sua cidade que decide se haverá trabalho ou não, renda ou não, saneamento básico, ou não, saúde de qualidade, ou não, transporte digno, com preços justos, ou não, habitação de qualidade para os desamparados, ou não, e por aí vai.

Claro, muita dessas ações dependerá de interlocuções junto aos governos estaduais e federal, boa administração, pessoas capacitadas (técnicas), mas sobretudo, é fundamental um prefeito, governador e presidente da república, honestos, de moral ilibadas, sem negociatas, e muito menos tolerância para maldade com o povo que lhe confiou a coisa mais importante: O VOTO DEMOCRÁTICO.

Resumindo, no dia de hoje 25/08, no Senado Federal (Latrina Pública), o Senador Eduardo Suplici (PT) em sua fala, foi levantar um cartão vermelho ao presidente do Senado (Latrina Pública), José Sarney, só que o mesmo não se encontrava na sessão, o senador da oposição Heráclito Forte, se irritou, bateu boca no senado (Latrina Pública), com o colega e disse muito acertadamente:

“Senador, se vossa excelência desejasse, de fato, dar cartão vermelho ao senador Sarney, vossa excelência o daria primeiro, AO PRESIDENTE LULA”

O senador Eduardo Suplici, evidentemente ficou desconcertado, muito nervoso, sem saber o que dizer, até porque, contra fatos, não existem argumentos!

Bem, resta lhe dizer: Falamos de política que cada um de nós precisa entender, pois mexe com sua vida, com a vida dos seus entes queridos. Falamos aqui de prefeitos, governadores e presidente da república. Se seu candidato, ou partido estiverem envolvidos em mentiras, falcatruas, malversação do dinheiro público, apoio a comprovadamente corruptos, Suspenda o cartão vermelho para eles AGORA, e nas PRÓXIMAS ELEIÇÕES. Não se esqueça do senador, deputado e vereador da sua cidade. Seja cidadão também para tirá-los (se necessário) do local, onde não se mostram dignos de continuar.



Nenhum comentário: