sábado, 7 de agosto de 2010

A Hora da Verdade!











Os companheiros que caminham mais de 22 anos em prol da saúde preventiva no Estado do Rio de Janeiro, no combate a dengue e outras endemias, estão fartos, exaustos de tanto blá, blá, blá. O sindicato da categoria, o SintSaúde-Rj, a todo momento publica algo supostamente maravilhoso e que já estaria certo, a caminho, no forno, prontinho, só que a falsa expectativa frusta, desanima, o campo adoece e faz lamentar.

Só para exemplificar, vamos dar alguns exemplos. Logo após a rescisão do contrato, a divulgação no blog, de que teríamos a receber mais 98 mil reais de diferença, aliás, na ocasião, esse que vos escreve, enviou e-mail ao blog reclamando que se era fato, nem se deveria estar divulgando publicamente valores, pelo simples motivo da violência atual.

Alguém viu um único tostão daquele até hoje? Se o SintSaúde-Rj recebeu, já que a categoria assinou procurações ao sindicato, também não sabemos! Depois foi o papo do RJU, que se arrasta até hoje e nada, plano de carreira, que a nosso ver, também, mesmo que saia, não contempla a categoria, e vou fornecer um pequeno exemplo: O cidadão (ã) entra, por exemplo, no banco do Brasil, com apenas o ensino médio, se ele (a) continuar estudando, internamente crescerá, assumirá cargos relevantes e claro, consequentemente, seu salário evoluirá na mesma proporção, até atingir o cargo de gerente.

Alguém até agora viu o SintSaúde-RJ mencionar o desejo de lutar nestes termos pela categoria? Claro que não! Eu mesmo, ao retornar em 2003, depois de quatro anos de desemprego quando nossa categoria foi covardemente demitida, pelo então ministro da Saúde (doença) José Serra, estava, só Deus sabe como, me graduando como bacharel em ciências biológicas (biologia ambiental).

No ano seguinte 2004, fiz pós-graduação lato sensu, para ensino de ciência e biologia (especialista em educação/professor), realizei nesses mais de 22 anos de desemprego, mais de 30 cursos na área ambiental, sendo o mais recente na UFRJ, Técnicas Avançadas de Controle Químico de Insetos (nível doutorado, com ganho de créditos para mestrado/doutorado).

Diante do exposto, qualquer um pensará: Esse moço está numa boa; é da FUNASA/MS, com todo esse cabedal de conhecimento, certamente, é chefe, ensina o que aprendeu para outros, no serviço público, para servir melhor a sociedade, aliás, deve ganhar muito bem. Lamento lhe desapontar, mas continuo após esses 22 anos na rua, trabalhando de mata mosquito e ganhando menos de dois salários mínimos.

Para completar, atualmente curso direito na Universidade Estácio de Sá. Será que apenas eu, tenho esse histórico dentro do serviço público federal?(companheiro Lula), claro que não, muitos companheiros, até alguns, me orgulho dizer, estudaram e estão estudando, devido minha influência, por isso me acho na obrigação de gritar: SINTSAÚDE-RJ, ATÉ QUANDO ESSAS INJUSTIÇAS OCORRERÃO, E VOCÊS CALADOS, OU FINJINDO PARA A CATEGORIA QUE RECLAMAM POR ELA?


Carlos Simas

Agente de Combate as Endemias/FUNASA-MS

Mat: 2428217

Bacharel em Ciências Biológicas

Especialista Controle de Vetores e Pragas Urbanas/UFRJ

Pós-Graduado Ensino Ciências Biologia
Estudante de Direito


3 comentários:

SINTSAÚDE RJ disse...

Caro Simas,

Lamento que tenha chegada a esta conclusão, pois alguém como você pode contribuir com o nosso sindicato, não dveria agir assim. Mas acerca dos
R$98.000,00; você deve ter observado que se trata da ação judicial,inclusive,o tal documento postado no blog faz referencia ao mesmo. Obrigado! Sandro Cezar

biologocarlossimas disse...

Obrigado pelo retorno companheiro Sandro, porém a conclusão não é apenas minha, mas de todos que esperam ser bem representados.

Biólogo Carlos Simas

Carlos Simas disse...

Da mesma forma que critico quando acredito que estou certo naquele dado momento e, sempre viso o coletivo, também possuo o caráter para elogiar quando acredito em um outro momento estar errado.

Possuir a humildade para admitir erros graças a Deus é uma das minhas qualidades e não tenho a mínima dificuldade para me desculapar.

Portanto peço desculpas publicamente ao NOSSO SINDICATO DE CLASSE, O SINTSAÚDE-RJ,que por ocasião dessa matéria eu não conseguia entender os caminhos mais adequados que o mesmo trilhava na esfera política, afim de conduzir a categoria a grandes vitórias, como esta que se concretiza no presente momento, A TÃO SONHADA CONQUISTA DO RJU.

DESCULPEM-ME, UM ABRAÇO e estamos juntos no que for preciso, companheiros Sandro Alex e toda diretoria do SINTSAÚDE-RJ.